Sunday, February 15, 2009

Abracadabra


São Paulo,  fevereiro de 2009.


Você ama diferente...
Mas quem ama igual
se cada um possui uma química singular
que não é possível copiar?

Você vive mudando de rotação
e fugindo de toda e qualquer convenção
Mas num mundo incompreensível
quem quer ser previsível?

Você cutuca as possibilidades
e mantém aberta as oportunidades
Mas por que se submeter à norma
quando se quer ser de outra forma?

Você recusa a normalidade
e mergulha na realidade
Mas quem quer ser "normal"
quando o gostoso é ser natural?

Você passeia no espaço e no vento
alternando sempre o movimento
Mas será que existe alguém no mundo
que seja rastreável
ou quem sabe capturável?

Você é movido pela pulsão
e pelo desejo de transformação
Mas será que em algum momento 
você vai esbarrar
em alguém que vai lhe conquistar?

2 comments:

Ludmila said...

já que vc pergunta
então eu vou lhe dizer
ô Pat,
ser feliz é pra conseguir o quê?

(Ludmila - parafraseando a musa Clarice Lispector, com todo respeito e sem nehum pudor)

mitsuko said...

Que demais! Amei!!!!